Total de visualizações de página

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Lamentável Episodio

Estimados em Cristo,
Pax!
Não é praxe deste Blog trazer noticias de modo algum pejorativas ou inverídicas.  Sou, no entanto como Católico Apostólico Romano, obrigado a ser fiel ao meu credo e contra qualquer violação do nosso credo, seja ele produzido por leigo ou religioso. Abaixo colocamos a noticia que repercutiu hoje na imprensa lida e televisada, que repudiamos e muito nos entristece, Segue também o email que enviei ao Revmo. Sr. Bispo da Diocese de Paranaguá, D.  Dom Frei João Alves dos Santos, OFMCap. 
Peço a todos os quantos lerem, suas preces e orações.

Pela Administração do Blog Garcia Neto



Padre passa chicote em alunos que comemoravam ao lado da igreja

O Conselho Tutelar de Matinhos, no litoral do Paraná, acompanha a denúncia de que uma criança de 12 anos levou um golpe de chicote no rosto. De acordo com testemunhas, a chicotada foi aplicada pelo padre da cidade, Mansueto Pantarol, na sexta-feira (30). O incidente ocorreu quando crianças comemoravam com ovos e farinha o fim do ano letivo do colégio que fica ao lado da igreja. Incomodado com a confusão, o padre chegou com um chicote para espantá-los. “O que você faria se fosse na sua casa? Você não ia espantar? Esse incidente foi uma mínima coisa que aconteceu. Agora o padre é o ruim da história”, diz. O religioso ainda afirmou que o local virou uma praça de guerra, mas nega que o golpe tenha acertado a menina. “O chicote é a minha defesa pessoal. Eu não uso arma, não sou policial e nem guarda municipal, mas eu tenho que cuidar da igreja”, conclui Mansueto. O Conselho Tutelar de Matinhos orientou os pais da menina a registrarem um boletim de ocorrência na delegacia da cidade, e não passou mais informações sobre o incidente. Até as 19h20 não houve nenhum registro sobre o caso na delegacia da cidade. O G1 também não conseguiu localizar a família da criança para comentar o assunto.

Bispo não aprova o ato

O Bispo Dom João, da Cúria Diocesana de Paranaguá, responsável pela Paróquia de Matinhos, disse que conversou com o Padre Mansueto. “O padre disse que não foi ele que feriu a criança nos olhos. Ele tem que zelar pelo patrimônio da igreja. Temos que assumir o erro do padre e que não é uma orientação da Diocese, para que o padre aja desta forma, com o uso de um chicote. Nunca tivemos nenhum problema parecido como esse. É um caso isolado”, disse. O bispo ainda disse que “a atitude a ser tomada pela Cúria Diocesana de Paranaguá é apurar bem os fatos junto ao padre e a família da menina que disse que foi ferida. A partir disso, vamos verificar a posição a ser tomada.”
Fonte: RPC TV

Email Enviado ao Revmo. Sr. Bispo  Dom Frei João Alves dos Santos, OFMCap

Não sou da Diocese de Paranaguá.  Li a estarrecedora noticia da agressão da menina menor de 12 anos na cidade de Matinhos. Sou conhecedor da LEI Nº 8.069, DE 13 DE JULHO DE 1990; Lei está que dispõe sobre a proteção integral à criança e ao adolescente em plena vigência em nosso país.  Como católico apostólico romano não posso deixar de me indignar com a agressão sofrida por essa criança pelo Padre Mansueto Pantarol, pároco da Igreja Matriz de São Pedro em Matinhos, PR Situada á Rua Ernesto Postarek, 131 - Centro Matinhos - PR (41) 3453-1241.  Li sua biografia e vejo que o senhor (56 anos), é um pouco mais velho que eu (54 anos), mais também sei que a pouca idade não reflete a experiência de vida.

Venho humildemente pedir-lhe providências imediatas sobre o assunto. Acredito que V.Revma. tomará as providências cabíveis  e esclarecerá este triste e lamentável episodio que entristece a todos do rebanho de Deus. Diz-nos o Senhor: “Quem provocar a queda de um só destes pequenos que crêem em mim, melhor seria que lhe amarrassem ao pescoço uma pedra de moinho e o lançassem no fundo do mar.” Mat 18,6. Pedindo sua benção sacerdotal; Respeitosamente,
Garcia Neto