Total de visualizações de página

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Papa indica posição sobre 'aparições' de Nossa Senhora em cidade bósnia





Durante missa, Papa criticou fiéis 'sempre em busca de novidades'.
Após estudo, Vaticano deve anunciar em breve decisão formal sobre tema.

O papa Francisco deu uma indicação nesta terça-feira (9) sobre a sua posição a respeito das supostas aparições de Nossa Senhora na cidade bósnia de Medjugorje, antes de uma decisão formal do Vaticano esperada para breve.
Na homilia de sua missa diária no Vaticano, o papa pareceu se referir às alegadas aparições, que têm dividido a Igreja Católica, quando criticou os fiéis que "estão sempre em busca de novidade em suas identidades cristãs".
Ele criticou aqueles que dizem: "Onde estão aqueles visionários que nos dizem hoje sobre a carta que Nossa Senhora irá enviar às 4 da tarde?".
"Esta não é a identidade cristã", disse Francisco.
Seis crianças relataram pela primeira vez visões da Virgem Maria na cidade em 1981. Desde então, a cidade se tornou um importante local de peregrinação, dando a muitos um novo senso de espiritualidade e a moradores uma fonte estável de receita.
Alguns dos supostos visionários, agora adultos, dizem que ainda vivenciam aparições todos os dias e que a Nossa Senhora contou-lhes segredos.
Muitas pessoas acreditam que as visões são uma farsa.
O papa disse a repórteres que retornavam de uma viagem para a Bósnia no último sábado que o Vaticano estava próximo de anunciar a sua decisão formal sobre as alegadas aparições. Ele disse que havia recebido um longo estudo realizado por uma comissão do Vaticano.